4 de mar de 2014

A música brasileira tem salvação?


 
Paula Landucci linda, perfeita, diva ♥
Olá, crazy mofos :3 Ca estou eu novamente, haha. Vinícius pare de ser puxa saco por favor :v ueheueheuheh Como vão vocês? Pois é, três dias sem postar, inspiração passou longe, mas é por causa que me padrasto estava em casa, eu não gosto dele, odeio na verdade, mas daqui um tempo isso irá mudar. Sim, estou falando sobre música de novo. Eu gosto muito de falar de música, ouvir música, isso me deixa completa, sabe? Mas e a música brasileira? Muitos a julgam dizendo que são todas ruins e tal. Se você for pegar músicas antigas, lá daqueles tempos aonde se teve muitas bandas de garagens, irão ver que não é bem assim. Hoje em dia músicas estúpidas e toscas tocam nas rádios ou fazem a cabeça de todos, enquanto músicas com sentido, boas e às vezes até engraçadas são esquecidas por muitos. A próxima vez que eu ouvir as palavras Lepo Lepo, eu dou um tiro na cabeça de alguém -nn

Quando eu ainda tinha o Ops Izzie, meu antigo blog, eu tentei tocar nesse assunto, que todo mundo diz ser polêmico e tal. Mas eu não vejo nenhum problema de falar sobre isso. Eu tenho 13 anos cara, 13 anos... Minha mãe acha que eu pareço uma velha falando desse jeito, toda formal :v Não estou falando somente sobre rock, sabe, até alguns sertanejos como algumas do Jorge & Mateus são bonitas e sim, acabam com o emocional de qualquer um.

A salvação da música brasileira como você se refere é o rock?
Bom, nem sempre. Como eu disse há vários estilos e tal. Assim como eu falei no último post ao qual me referi a estilos musicais, a culpa não é do estilo é dos artistas que tem letras idiotas. O pior que são essas letras idiotas que tem mais sucesso e tals eu realmente fico muito chateada com os brasileiros por isso.
Rock é bom, rock é vida, rock é daora. O ruim é que tem uns filhas de uma égua que acham que rock é somente gritos e etc. E é assim que o rock brasileiro se diferencia. É claro que quando eu digo rock, não me refiro a Restart bleah, me refiro a Raimundos, CPM 22, Legião Urbana, Pitty, CBJr, Detonautas... entre vários outros que mal são reconhecidos.

Mas realmente, qual é o estilo que mais acaba com o "som" do brasil?
Sinceramente... o funk. Não todos os funks, mas grande maioria. Eu não gosto de funk, posso até ouvir às vezes e até brincar com alguns ~like a beijin no ombro, shuak O funk carioca é o pior, desculpe quem gosta, mas é verdade. E não, eu nunca levantei as pernas pro alto pra fazer quadradinho de oito e nem quero fazer. Se vocês puxarem até mesmo os funks de antigamente iriam ver que pelo menos as letras eram aceitáveis e que não tinha tanta putaria como hoje em dia.

Fora o rock quais estilos de música brasileira você curte?
Eu já falei aqui, eu curto de tudo um pouco, contanto que as letras e a música seja boa. Tem certas vozes e certas letras até mesmo teens que eu realmente odeio, e que há alguns anos atrás eu admirava. O meu gosto musical evoluiu muito de um ano pra cá, minha mãe mesmo disse isso pra mim. Eu sou apaixonada por alguns folks. Tipo Clarice Falcão, Hewie, Mallu Magalhães... Sabe aquelas vozes que deixam tudo calmo? Pois é, eu me sinto assim quando escuto as músicas delas e tudo mais c:


Bom, gente e cá estou eu terminando mais um post, gostaram? Eu quis mais uma vez soltar minha opinião pro mundo e tal, acho que a minha parte nesse blog é exatamente essa... Bom, a Bib está viajando e eu tenho meus probleminhas, eu odeio carnaval e isso me deixa totalmente sem inspiração e tals, entendem? Logo mais vou estar criando um blog de fanfics, então, quem estiver interessado em postar a sua fanfic ou fic, não sei, no meu novo blog, entre em contato pelo twitter ou pelo facebook. Beijos da tia e até o próximo post, que eu juro que não vai ser de música kk c:

Um comentário:

  1. Você se sente como eu em relação àquela maldição do Lepo Lepo @_@ Existem, de fato, algumas coisas que "salvam" a música brasileira, porque normalmente nos concentramos no funk focado em sexo, no forró (também) focado na ação sexual, no gênero-sem-nome ao qual a maior parte dessas músicas sem futuro pertence. Você também tem razão quando fala que não é o gênero que manda, e sim as letras. Eu curto mais o folk, aquela coisa relaxada, e me lembro de quando funk eram aquelas músicas que todo mundo cantava, que tinham futuro, ou coisa assim... Gostei muito do post.
    Beijos | b-lackstar.blogspot.com

    ResponderExcluir